domingo, 2 de maio de 2010

A Guerra do Vietnan

Durante a Segunda Guerra Mundial, o Vietnam foi ocupado pelo Japão e, quando a guerra terminou, a França tentou restabelecer o controle, mas não conseguiu. Os franceses foram derrotados em 1954 na primeira guerra da Indochina, mesmo com ajuda dos EUA, mas na Conferência de Genebra o Vietname foi dividido em dois países separados, conhecidos como Vietname do Norte e Vietname do Sul. Durante a Guerra Fria, o norte tinha o apoio da China e da União Soviética, enquanto o sul era “apoiado” pelos EUA, o que deu lugar à Guerra do Vietname, em que os americanos foram obrigados a abandonar em Março de 1973; a cidade de Saigon foi tomada pelos “Vietcong” em Abril de 1975.

A República Democrática do Vietname (Việt Nam Dân Chủ Cộng Hòa, em língua vietnamita), mais conhecida como Vietname do Norte, foi fundada por Ho Chi Minh em 1950 e imediatamente reconhecida pela China e URSS. Em 1954, depois da sua derrota na Batalha de Dien Bien Phu, a França reconheceu formalmente este país na Conferência de Genebra, ao mesmo tempo que o país era dividido em dois.
A capital esta república era Hanoi e tinha um governo comunista que pretendia reunificar o país, o que só foi possível através dum conflito armado contra o Vietname do Sul, que era apoiado pelos Estados Unidos da América e que ficou conhecido como a Guerra do Vietname. O governo norte-vietnamita deu forte apoio militar ao Vietcong além de ter enviado tropas.
Depois da divisão do país, verificou-se uma migração em massa de vietnamitas do norte para o sul, muitos deles católicos que afirmavam que a política do governo equivalia a uma perseguição religiosa. Sem as ricas terras agrícolas do sul, o governo tentou realizar reformas agrágrias, no que foi descrito como um processo repressivo e totalitarista. Entre 1955 e 1956, dezenas de milhares de proprietários rurais foram publicamente denunciados como "latifundiários" (địa chủ) e executados. Um movimento literário chamado Nhân văn giai phẩm (“Arte Humanista”) tentou democratizar o país, mas muitos intelectuais e escritores foram colocados em reeducação por alegadamente não estarem de acordo com as políticas governamentais.
A queda de Saigão a 30 de Abril de 1975 finalmente possibilitou a reunificação do país a 2 de Julho de 1976, que se tornou a República Socialista do Vietname.
O Vietname do Sul ou Vietnã do Sul, oficialmente denominado República do Vietname (Việt Nam Cộng Hòa, em língua vietnamita) existiu entre 1954 e 1975 no território do Vietname a sul do paralelo 17º N, como resultado da divisão do país na Conferência de Genebra. O Tratado de Genebra previa também a ocorrência de um novo plebiscito destinado a reunificar o país, o qual, no entanto, nunca se realizou.
A República do Vietname do Sul foi proclamada um ano após a independência, a 22 de Outubro de 1955 em Saigão por Ngo Dinh Diem, que depôs o imperador Bao Dai. Diem rapidamente se tornou um ditador, de tal modo que a corrupção levou os militares a depô-lo e finalmente a matá-lo em 1963. Os militares mudaram o sistema político para o parlamentarismo, mas não conseguiram estabilizar o país.
Nessa altura, já havia uma situação de guerrilha protagonizada pela Frente Nacional para a Libertação do Vietname, mais conhecida por Vietcong, que pretendia reunificar o país sob um regime comunista, através da luta armada, e que contava com o apoio declarado do Vietname do Norte.
O governo dos Estados Unidos da América, que apoiava o governo da República do Vietname e pretendia impedir a expansão do comunismo na região, começou em 1961 a realizar ataques contra a República Democrática do Vietname (ou Vietname do Norte) e, depois do envolvimento direto do exército deste país no sul, enviou para a península um exército que chegou a 600 000 militares, em coligação com forças da Austrália, Coreia do Sul, Filipinas, Nova Zelândia, Taiwan e Tailândia, no que ficou conhecido como a Guerra do Vietname.
Pode dizer-se que a guerra terminou a 30 de Abril de 1975, com a tomada de Saigão, a antiga capital, pelas forças do Vietcong e do Vietname do Norte, tendo sido renomeada como Cidade Ho Chi Minh, em honra do líder norte-vietnamita Ho Chi Minh. A Frente de Libertação Nacional estabeleceu um governo provisório para o Vietname do Sul, que durou até à reunificação do país a 2 de Julho de 1976, que passou a chamar-se República Socialista do Vietname.

Fonte: www.http://pt.wikipedia.org/wiki

Um comentário: