domingo, 2 de maio de 2010

Serra Leoa

• Antigo centro português de tráfico negreiro, mais tarde pertence a Inglaterra,(a partir do séc. XVII). Em 1786, os britânicos fundam a cidade de Freetown, que passa a receber os ex-escravos unidos da Europa. No séc. XIX, com a proibição do tráfico negreiro, 70 mil africanos interceptados em navios são conduzidos para Serra Leoa. Com os descendentes de ex-escravos, eles compõem a elite política do país.
• Torna-se independente em 1967 e em 1968 sofre o 1º golpe militar. Vários golpes se sucedem até 1990, quando é realizado um plebiscito que marca a redemocratização. O processo é interrompido dois anos depois por um golpe de estado liderado pelo capitão Valentine Strasser. Em 1995, a guerrilha Frente Revolucionária Unida, seqüestra seis freiras estrangeiras, entre elas uma brasileira, liberada no mês seguinte. O capitão Strasse é deposto em janeiro de 1996.
• São realizadas eleições em 1996 e o partido do povo é eleito (SLPP). Seu líder Ahmed Tejan Kabbah tenta estabelecer negociações de paz com a guerrilha. Em maio de 1997, golpe militar liberado por Jonny Paul Rorona, aliado da FRU - depõe Kabbah. Proíbe partidos políticos e suspende a constituição. Freetown é bombardeada por barcos nigerianos, com a ajuda das tropas da Guiné. EUA fecham sua embaixada em Serra Leoa.
• Em fevereiro de 1998, Kabbah reassume o poder e inicia uma negociação com os guerrilheiros da FRU, que dominam as áreas de reservas de diamantes, (grande fonte de riqueza desse país).
• Recentemente a ONU enviou 6 mil soldados para garantir a pacificação desse conflito, (boinas azuis) que acabaram reféns dos guerrilheiros.
• O presidente da Libéria foi indicado como medidor do conflito.

6 comentários: